Podes crer mais uma vez?

E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio Senhor! Ajuda na minha incredulidade! Marcos 9:24

Este versículo é bem impactante, a fala foi utilizada pelo pai de um jovem que deste o seu nascimento estava sobre a posse de um espirito violento; Imagina a vida deste pai de família, quantas vezes ele fez de tudo para que o filho fosse normal. Imagina o impacto que lhe trazia socialmente, quantos olhares de discriminação, o pai, não já viu! Mesmo assim, Ele tinha um verdadeiro amor paterno, pois independente de tudo, ele não abandonou o seu filho, antes fez de tudo para ser curado! Até que um dia se encontrou com o autor e consumador da fé.

Infelizmente a sociedade com um todo não é piedoso com o diferente, não olha com o olhar de amor, e sim de discriminação, é isso que eu me encanto em Jesus Cristo, Ele não diferenciava o pecado, a doença e o principal não tinha medidas para expressar o seu eterno amor! A sociedade ela põe muito mais regras do que deveria ter! “regra de padrão de beleza”; “regra de estilo de vida”; “regra para a perfeição que não existe”, e nem mesmo a própria sociedade consegue realizar as próprias regras que ela mesma cria!

Agora, voltando para o texto, imagina o sofrimento de um pai ao ver que o seu filho era dominado por um espirito maligno e se via em volta de uma sociedade ruim, má e perversa. A pressão é evidente quando o pai clama cheio de lágrimas! Essa lágrima representa o esforço que o pai realizava para ter uma fé que a muito tempo tinha sustentado o pai na esperança de ver o seu filho ter uma vida normal! Principalmente sem discriminação, o pai, não almejava que o filho dele vivesse essa vida! O mais importante é que esse pai não procurou esconder o seu próprio filho, mas sempre buscou a melhora para o seu filho!

E Jesus perguntou ao pai: Se tu podes crer tudo é possível ao que crê.

O pai em um momento decisivo ele clamou por fé! Ao vê e sentir que o seu filho poderia ser curado naquele momento. Ele clamou por fé! Ele pediu para que ajudasse na sua incredulidade! Foi neste momento que como o último suspiro, última esperança, o pai pediu humildemente para que ajudasse na sua incredulidade, que bom, ele estava no lugar certo, onde estava presente o autor e consumador da nossa fé, pois Cristo é a causa da nossa salvação! A cura foi realizada com sucesso! Não só o filho ficou curado como o pai passou a ter fé, esperança e renovação!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s