Uma luta na esfera espiritual

No Livro Santo Evangelho Segundo escreveu Mateus Cap. 12. 25 – 28.:


Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá. E, se satanás expulsa satanás, está dividido contra si mesmo; como subsistirá, pois, o seu reino? E, se expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam, então, os vossos filhos? Portanto, eles mesmos serão os vossos juízes. Mas, se eu expulso os demônios pelo Espirito de Deus, é conseguinte chegado a vós o Reino de Deus.

Claramente Jesus nesta passagem faz uma alusão a guerra espiritual, onde existe dois reinos antagônicos. Os dois reinos estão organizados em seu fundamento, ou seja, não existe uma divisão dentro do próprio Reino. Afinal, eles são opostos totalmente, o quê é de Deus é de Deus e ponto final assim como o quê é do diabo é do diabo e ponto. Não tem como surgir algo que seja além disso. Se algo é contra o Diabo é o Reino de Deus. Se Algo é contra o Reino de Deus é a obra do Diabo. Não tem como existir meio termo.

E Jesus faz uma discussão acerca disso mesmo. No mundo em que estamos existe uma Guerra Espiritual. E uma pergunta surge: Qual lado nos estamos? O que realizamos mesmo para estar neste lado? Rebeldia ou Obediência? Torpe ou retidão? Satanás ou Cristo? É uma decisão que temos que tomar na nossa vida cotidiana.

Me perdoe, por essa palavra dura, mas afinal que lado estamos? Não adianta apenas falar, declarar, mas também devemos nortear as nossas atitudes em definição para algum lado. Se alguém, ficar de braços cruzados perante essa guerra está no pecado da preguiça, logo é do lado do diabo. Então, note, que até alguém que fecha os olhos para tomar uma posição e não toma uma decisão. O diabo adota como filho da preguiça, da ignorância, da prepotência.

Em apocalipse fala bem claramente sobre o final das pessoas mornas, que não tomam atitude, que fica sempre mesma, na mediocridade. Então perceba, não tem 3 escolhas é sempre apenas 2 escolhas, bom ou ruim, bondade ou perversidade etc. Declarando com a boca uma posição certamente com essa decisão norteará as atitudes rotineiras

A paz do Senhor,
Que Deus abençoe
Maykon Carlos de Oliveira Siqueira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s